As Nossas Lojas

Lisboa: 218 593 981 / Porto: 224 938 814

Como dormir melhor na gravidez?

Para a maioria das mulheres, estar grávida é um estado de graça. Ainda assim, e porque nem tudo é um mar de rosas, não são apenas os enjoos e as dores de parto que assustam as futuras mamãs.

Durante a gravidez e à medida que o volume da barriga aumenta, é comum sentir-se algum desconforto na hora de dormir. E a culpa nem sempre é do colchão! Deixamos-lhe algumas dicas que a ajudarão a adotar uma postura correta para ter um sono com mais qualidade e recuperar a energia que tanto precisará depois do nascimento do bebé.

Dormir de barriga para baixo: sim ou não?

Dormir de bruços, embora possa parecer uma posição confortável, é uma péssima opção para a sua coluna, quer esteja grávida ou não. Além de pressionar excessivamente a região lombar, o pescoço e toda a zona cervical ficam numa posição desconfortável.

Dormir nesta posição provoca dores e deformações nas costas, além de poder afetar a sua respiração. No entanto, entenda que o perigo de dormir de bruços é apenas para si, não faz mal ao bebé. Deslindando o mito: o bebé está extremamente protegido dentro do útero. Por isso, se porventura acordar e perceber que está a dormir nesta posição, não se assuste. O seu bebé não estará em sofrimento.

De barriga para cima sinto-me desconfortável. O fazer?

Para quem gostaria de adotar esta posição, mas sente desconforto ao deitar-se no seu colchão, a ColchaoNet.com sugere:

  • Coloque uma almofada por baixo dos joelhos para relaxar os músculos e diminuir a tensão entre as vértebras;
  • Levante ligeiramente o joelho para encaixar o quadril e compensar a pressão lombar, evitando lombalgias e outros problemas de coluna;
  • Utilize uma almofada baixa, para diminuir a pressão na cabeça e na zona cervical.

Dormir de lado favorece a mamã e o bebé

É uma boa ideia habituar-se a dormir de lado, de preferência sobre o seu lado esquerdo, logo nos primeiros meses de gravidez. Segundo os especialistas, esta é a posição que proporciona melhores condições de oxigenação para o bebé, porque o sangue flui melhor pelo cordão umbilical.

Além disso, esta posição favorece a drenagem de líquidos, ajudando ao normal funcionamento dos rins e diminuindo o inchaço de tornozelos, pés e mãos provocado pela retenção de líquidos e por uma circulação sanguínea deficiente.

O ideal será que virada para o lado esquerdo, também esteja virada para fora da cama, para facilitar caso tenha que se levantar a meio da noite.

O travesseiro é mesmo bom conselheiro!

A partir do 6º mês de gravidez, por causa da azia, congestão nasal ou falta de ar causadas pelo tamanho da sua barriguinha, pode preferir dormir numa posição mais sentada, com muitas almofadas à volta.

Coloque uma no meio das pernas, outra no meio da barriga, abrace-se a outra... Vale tudo por uma boa noite de sono, que é aquilo de que mais precisa!

Outras recomendações

E quanto a posições para dormir, são estas as sugestões que temos para si. Junte a isto algumas rotinas básicas e conseguirá, com toda a certeza, ter o sono revigorante que merece:

  • Mantenha o quarto arejado, os lençóis limpos e macios e vista pijamas confortáveis;
  • Evite beber líquidos cerca de 2 horas antes de ir dormir, para evitar visitas noturnas ao WC;
  • Evite comer imediatamente antes de se deitar. Se sofrer de refluxo gástrico, deve ter especial cuidado com isto;
  • Aconselhe-se com um especialista e faça exercícios leves de relaxamento antes de dormir;
  • Opte por um ambiente escuro e silencioso na hora de descansar;
  • Tente descansar, pelo menos, 30 minutos a seguir ao almoço. Se não for possível, estique-se um pouco no sofá e relaxe para recarregar baterias. Pode parecer contraditório, mas isto ajudá-la-á a ter um sono mais tranquilo à noite;
  • Caso a insónia persista, não tente lutar contra ela. Levante-se, tome um banho morno, leia um pouco, ouça uma música calma e volte a deitar-se no seu colchão quando se sentir sonolenta. Deverá ser suficiente!