As Nossas Lojas

Lisboa: 218 593 981 / Porto: 224 938 814

"[O sono é] o desencadear deliberado de uma alteração ou redução do estado consciente, que dura em média 8 horas, resultando, geralmente, em sensação de energia física, psíquica e intelectual restabelecida." (FRIEDMAN, 1995, 1827)

O sono é conhecido como um estado de vigília que permite repousar corpo e mente. O seu colchão é o palco ideal para desfrutar destes momentos de tranquilidade e relaxamento. Este tema foi estudado por diversos autores, com opiniões diversas, mas que convergiam pelo menos num aspecto: o sono é fundamental para a recuperação da saúde, em fases de maior debilidade, e restabelece o sistema imunitário.

O número de horas que cada pessoa deve dormir é variável e as fases do sono por que passam dependem de factores físicos, ambientais e até culturais. A idade é outro dos factores que influenciam o número de horas que um ser humano deve dormir. Em média, um adulto deve dormir 7 a 8 horas por noite e uma criança deve dormir 9 a 11 horas.

As fases do sono

O ciclo do sono dura cerca de noventa minutos, repartidos por 4 a 5 ciclos. Com o avançar da idade, o número de horas de sono e, consequentemente, as fases do sono tendem a diminuir. Cada uma destas fases pode ser caracterizada da seguinte forma:

  • Fase 1: começa com uma ligeira sonolência e dura cerca de 5 minutos. É a fase do “sono leve” em que o indivíduo pode ser facilmente despertado. A actividade cerebral está relacionada com acontecimentos vividos recentemente e podem influenciar os sonhos.
  • Fase 2: o indivíduo já dorme, mas não profundamente. O sonho começa a ganhar consistência e pode até já tomar a forma de uma história coerente. Esta fase dura cerca de 15 minutos.
  • Fase 3: além de ter uma maior duração (cerca de 20 minutos), verifica-se uma progressão na necessidade de estímulos externos para acordar. O sono já é, como vulgarmente se diz, “mais pesado”.
  • Fase 4: “dorme que nem uma pedra”, já ouviu dizer? Com uma duração de 40 minutos, nesta fase é tarefa complicada acordar alguém!
  • Fase 5: regressão à 3ª fase, durante cinco minutos, e à 2ª por mais quinze.

Perturbações do sono

No entanto, nem todas as pessoas têm a mesma facilidade para adormecer e algumas sofrem de perturbações graves do sono.

  • Sabia que, em média, 3 em cada 10 adultos sofre de insónia, uma patologia que não permite ter um sono de qualidade.
  • A apneia do sono afecta cerca de 500 mil portugueses e caracteriza-se por uma paragem respiratória durante o sono.
  • O sonambulismo pode ter origem clínica ou advir de receios ou situações de nervosismo extremo.